Audiologia 


PERDA AUDITIVA

Quando sentimos que existem dificuldades na nossa capacidade de ouvir, percecionar determinadas frequências, e perceber a fala das pessoas, podemos estar perante uma perda de audição.
Esta redução da sensibilidade auditiva, deve ser detetada precocemente, antes que comece a afetar a vida social e pessoal de diversas formas.

CONSEQUÊNCIAS DA PERDA DE AUDIÇÃO

A perda de audição, também chamada de Hipoacusia, divide o processo auditivo das funções cognitivas, aumentando a possibilidade de demência precoce e de consequências psicológicas, tais como depressão, isolamento, stress, dores de cabeça, entre outros.

SINAIS DE PERDA AUDITIVA

-Dificuldade em localizar os sons -Dificuldade em entender e acompanhar as conversas - Pedir para repetir muitas vezes o que lhe é dito
- Necessidade de aumentar o volume da televisão e do rádio
- Ouve os sons de forma mais atenuada

Exames de Diagnóstico:

Audiometria:
- Tonal (avaliação do limiar auditivo)
- Vocal (SRT + % de discriminação)
- Tonal + vocal
Impedâncimetria:
- Timpanometria
- Timpanometria + Pesquisa de reflexos estapédicos
Otoemissões acústicas:
- Transitórias / Produtos de distorção

Nº Visitas: 406674 Conteúdo da responsabilidade de MediBrain-Clínica Médica*Neurofisiologia*Bem-Estar
:: © 2012-04-13 - Todos os direitos reservados ::
:: Política de privacidade ::

MediBrain-Clínica Médica*Neurofisiologia*Bem-EstarFuture Healthcare Saúde prime, neurologia, ortopedia, psiquiatria, pedopsiquiatri, fibromialgia, ortopedia, advancecare groupama, eletroencefalograma, neurofeedback porto, RNA Medical, Multicare Victória seguros, dormir mal, acupunctura, hiperactividade, eletromiografia multicare, insónias, neurofeedback, epilepsia, atenção ansiedade, podologia,